noticias575 Seja bem vindo ao nosso site Rede Mult de Comunicação!

Notícias

Cachorro morre após ser enviado para estado errado por transporte aéreo

Após erro de logística da companhia aérea Gol, o pet que era para ter sido enviado de Guarulhos à Sinop (MT), no mesmo voo do tutor, foi enviado para Fortaleza. Família acusa empresa de negligência com os cuidados ao animal

Publicada em 24/04/24 às 13:59h - 23 visualizações

Rede Mult de Comunicação


Compartilhe
Compartilhar a noticia Cachorro morre após ser enviado para estado errado por transporte aéreo  Compartilhar a noticia Cachorro morre após ser enviado para estado errado por transporte aéreo  Compartilhar a noticia Cachorro morre após ser enviado para estado errado por transporte aéreo

Link da Notícia:

Cachorro morre após ser enviado para estado errado por transporte aéreo
Após desembarcar em Sinop, o tutor, João Fantazzini, foi notificado do erro e optou por voltar a Guarulhos para reencontrar o pet. Porém, quando chega é informado da morte de Joca.  (Foto: jfantazzini / Rede Mult de Comunicação)
Que triste notícia. É devastador ouvir sobre a perda de um animal de estimação devido a um erro na logística de transporte. A morte prematura do cachorro da raça golden retriever, Joca, é uma situação lamentável e que certamente causa grande dor ao seu tutor e àqueles que o amavam.

É fundamental que as empresas de transporte aéreo tomem todas as medidas necessárias para garantir o bem-estar e a segurança dos animais durante o transporte. Erros como esse não só causam sofrimento aos animais e aos seus donos, mas também levantam questões sobre a responsabilidade e a confiabilidade das empresas envolvidas.

Espero que este incidente seja investigado minuciosamente para que medidas adequadas possam ser tomadas para prevenir tragédias semelhantes no futuro. Neste momento difícil, meus pensamentos estão com o tutor de Joca e todos aqueles que estão lidando com essa perda.

É uma situação terrível para o tutor, João Fantazzini, e sua família lidarem. A perda de um animal de estimação é uma experiência dolorosa por si só, e a circunstância em que ocorreu a morte de Joca certamente torna a situação ainda mais difícil de suportar.

As acusações da família de João contra a empresa aérea levantam questões sérias sobre os cuidados e a responsabilidade durante o transporte de animais. É crucial que as empresas garantam que os animais sejam tratados com o devido cuidado e que todas as medidas sejam tomadas para proteger sua segurança e bem-estar durante o transporte.

A versão da Gol afirma que acompanharam Joca durante todo o trajeto e que o falecimento ocorreu em São Paulo, após o retorno. É essencial que haja uma investigação detalhada para esclarecer os eventos que levaram à morte de Joca e determinar as circunstâncias exatas do ocorrido.

Neste momento, minha solidariedade está com João Fantazzini e sua família enquanto lidam com essa perda e buscam respostas sobre o que aconteceu com seu querido animal de estimação.

“Chegando em Fortaleza, eles [Gol], deixaram o cachorro no sol na pista dentro da caixa. Nosso Joca chegou em SP e deram a notícia de que ele estava morto! Lamentável, Joca era um cachorro de apoio emocional. [...] Por um erro, acabou com nossa família! Nada vai trazer o nosso Joca de volta”, contou Giovanna Fantazzini, irmã do tutor do Joca.







ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (85)99180053

Visitas: 63131
Copyright (c) 2024 - Rede Mult de Comunicação
Converse conosco pelo Whatsapp!